Ação & Contexto

sobre fotografia, fotojornalismo e novas mídias

Posts Tagged ‘rio de janeiro

95 anos de Clube Náutico Riachuelo

with 4 comments

Nos anos 60, o remo foi considerado o esporte mais praticado no Brasil. Nesse período, até meados dos 70, a modalidade viveu seus anos de ouro em Florianópolis, colecionando vitórias, participações na seleção brasileira e sediando provas junto à Ponte Hercílio Luz.

A rivalidade entre três clubes tradicionais da cidade facilitou a formação de atletas e ajudou a difundir o remo no País. O Clube Náutico Riachuelo, uma dessas agremiações, comemora neste sábado 95 anos de história. Além de homenagens a personalidades que participaram dessa trajetória, o clube que deu luz ao Avaí prepara uma nova geração de craques que sonham repetir em 2016 o feito heróico de 1936, quando um grupo de cinco manezinhos do Riachuelo disputou a olimpíada de Berlim, na Alemanha.

O mar refletindo a luz do sol convida à pratica do remo mesmo nos dias frios (Lucas Sampaio)

RIO-2016

Hoje, cerca de 40 atletas treinam no clube, na orla da baía sul. Destes, 12 formam um grupo de jovens valores que sonham com uma vaga na equipe olímpica para 2016. A partir de segunda-feira, todos serão observados pelo técnico da seleção brasileira, o francês José Oyarzabal, que percorre o país à procura de novos talentos e pretende ficar uma semana em Florianópolis.

A festa de sábado, a partir das 10h, vai distribuir placas de agradecimento aos Amigos do Riachuelo, e também comemorar a chegada de seis barcos novos, adquiridos com o apoio do governo do estado. “Material de primeira, fibra de carbono, tecnologia de fórmula um”, vibra o presidente, Ivan Willam, 65 anos, ele próprio campeão brasileiro nos anos 70.

Equipe four-skiff imbatível do Riachuelo se prepara para cair na água (Lucas Sampaio)

INVENCIBILIDADE

No dia seguinte, haverá a 2ª etapa da Copa Catarinense de Remo, que vai reunir na baia sul os únicos quatro clubes que ainda atuam no estado – três da capital (Riachuelo, Martinelli e Aldo Luz) e um de Blumenau. Entre as 25 modalidades que serão disputadas, o Clube Náutico Riachuelo pretende manter a invencibilidade de quatro garotos de 16 anos.

Najuan Guth, João Gonzatto, Alisson Souza e Antônio Júnior nunca perderam uma competição atuando juntos no four-skiff (modalidade para quatro remadores sem timoneiro). Pretendem vencer a etapa no domingo para se apresentar ao treinador francês invictos e com mais um troféu na coleção.

Antônio Júnior se posiciona na proa para treinar com os colegas (Lucas Sampaio)

AVAÍ

No Riachuelo, todos se orgulham do clube ter sido o berço do Avaí, que herdou do remo as cores azul e branco que permanecem colorindo a sede na orla da baía sul. Segundo Ivan, os rapazes que fundaram o Avaí, em 1923, foram os mesmos diretores que criaram o Riachuelo, em 1915. “O primeiro jogo do Avaí foi com as camisetas do Riachuelo”, garante. Assim como o clube de futebol, o irmão mais velho do remo mantém ainda um projeto social com 33 garotos na escolinha, a maioria meninos e meninas das comunidades carentes, que não pagam mensalidade.

33 crianças são beneficiadas por projeto de inclusão social do clube (Lucas Sampaio)

Crianças beneficiadas pelo projeto ao final de mais um dia de esporte (Lucas Sampaio)

* Texto adaptado da matéria do jornalista Róbinson Gambôa a ser publicada amanhã, 11 de junho, no jornal Notícias do Dia.

modalidade para quatro remadores sem timoneiro

Júlia Debowski, golfista promessa para o Rio-2016

with one comment

Em 2016 ela terá apenas 19 anos, mas mesmo assim Júlia sonha alto. Será no Rio de Janeiro, depois de 112 anos, que o golfe voltará a ser considerado modalidade olímpica. Se depender dos planos dessa promessa de apenas 13 anos, estaremos bem representados no Rio-2016.

Mesmo sabendo das dificuldades de ser a primeira do ranking nacional até lá, a catarinense natural da Fraça Júlia Debowski já mostra resultados expressivos. É atual líder do ranking nacional sub-15, ganhou as três etapas do circuito brasileiro na sua categoria em 2010 e, na última das vitórias, o Tour Nacional de Golfe de Curitiba, ficou em segundo lugar na classificação geral feminina.

Antes tarde do que nunca, Pictura Pixel

leave a comment »

Mais um excelente site que vai para a lista de links do Ação & Contexto. Pictura Pixel é uma revista multimídia imperdível que (in)felizmente (só agora) tive o prazer de conhecer.

Recomendo uma visita a fundo por todas as sessões do site (eles têm um roteiro para facilitar a navegação) e deixo como dica os portfólios dos fotógrafos André Cypriano sobre as favelas e barrios do Rio e de Caracas (do André recomendo o expecional livro Rocinha) e os voos fotográficos de Cássio Vasconcellos sobre Nova York.

Na sessão blog, vale o post uma foca-leopardo gigante ensina ao fotógrafo Paul Nicklen como caçar pinguins. Nicklen ficou em segundo lugar no World Press Photo de 2008, na categoria Natureza, com o ensaio Narwals publicado na National Geographic.

As cerejas do bolo ficam por parte dos artigos Propriedade e desrespeito, de Guaracy Monteiro (do Fotomix), e Pare de vender suas imagens! e Fairey, Mannie, AP e o crédito fotográfico, ambos do Gilberto Tadday.

João Pina e a violência no Rio

leave a comment »

O fotógrafo português João Pina, do coletivo Kameraphoto, tem produzido um interessante trabalho sobre a cidade do Rio de Janeiro. Publicado na revista estadunidense New Yorker (só para assinantes) e no jornal espanhol El País, o ensaio P&B disponível em seu site retrata a vida das pessoas – e a violência que as cerca – nos morros da Cidade Maravilhosa.

Violência no Rio (João Pina)

Um trabalho que vem em boa hora, em tempos de ufania e entusiasmo por causa da Copa de 2014 e das Olimpíadas de 2016. A segurança pública e desigualdade social são os maiores desafios da cidade e do país para os próximos anos e chamar a atenção para a realidade é papel do repórter fotográfico.

Natural de Lisboa, Pina atualmente reside em Buenos Aires e trabalha no Rio. É possível acompanhar os passos do fotógrafo português (e de outros profissionais da informação em constante trânsito pelo mundo) no Lights Talkers e ver outros ensaios de Pina em seu site oficial (como o Helicopterópolis, sobre o transporte aéreo paulistano, e a Não-vida de Roberto Saviano, escritor do livro Gomorra ameaçado de morte pela Camorra – máfia napolitana).

Via Arte Photographica.

Atualização: de 5 de novembro a 1 de dezembro a K Galeria em Lisboa expõe “Gangland”, 30 fotografias do trabalho de Pina no Rio (via blog do Olhares).

Ballet National de Marseille, “Métamorphoses”

leave a comment »

Florianópolis foi a primeira cidade brasileira a receber a apresentação do Balé Nacional de Marselha em 29 de setembro último. O espetáculo “Métamorphoses”, criado em 2007 para o Grand Théâtre de Luxembourg, se inspira livremente no texto homônimo de Ovídio, poema mitológico latino composto de 15 livros escritos nos anos 1 ou 2 depois de Cristo.

O cenário e o figurino da peça são assinados pelos irmãos brasileiros Fernando e Humberto Campana, enquanto a direção fica a cargo de Frédéric Flamand –  responsável pela companhia e pela Escola de Dança de Marselha. O Balé Nacional de Marselha foi fundado em 1972 por Roland Petit e é uma das mais celebradas companhias de dança do mundo.

O evento, parte das comemorações do Ano da França no Brasil, foi realizado no teatro Governador Pedro Ivo, no Centro Administrativo do governo do estado de Santa Catarina. Além de Florianópolis, o espetáculo foi apresentado em São Paulo (2, 3 e 4 de outubro), Rio de Janeiro (7) e Brasília (10 e 11).

_MG_4141

_MG_4190

_MG_4273


_MG_4343


_MG_4451

_MG_4499

_MG_4554

_MG_4618

Confira o Flickr oficial França.Br 2009. Para mais informações, acesse o site do Ministério da Cultura para o Ano da França no Brasil.

Olhar sobre o Mundo

leave a comment »

Altamente recomendável o Olhar sobre o Mundo, novo blog de fotos do jornal O Estado de S. Paulo. Declaradamente inspirado no excelente Big Picture, do The Boston Globe, a iniciativa dos repórteres fotógraficos do Estadão é louvável.

Notícias de uma guerra não tão particular“, primeiro trabalho do blog, retrata o confronto entre policiais e traficantes no Rio de Janeiro, fruto da cobertura de Wilton Júnior e Fábio Motta. Chocante pela crueza das fotos, colírio pela qualidade do trabalho.

Olhar sobre o Mundo é o segundo blog sobre fotografia do Estadão, que já abriga o Blog da Foto com os bastidores do trabalho da equipe fotográfica do jornal.

Outro que merece destaque é o Em Foco, daqui de Florianópolis, iniciativa local do fotojornalista Ricardo Duarte, do jornal Diário Catarinense. A lista de links ao lado está atualizada.

Para quem tem, não deixe de seguir o @big_picture também no Twitter.