Ação & Contexto

sobre fotografia, fotojornalismo e novas mídias

Posts Tagged ‘eua

Antes tarde do que nunca, Pictura Pixel

leave a comment »

Mais um excelente site que vai para a lista de links do Ação & Contexto. Pictura Pixel é uma revista multimídia imperdível que (in)felizmente (só agora) tive o prazer de conhecer.

Recomendo uma visita a fundo por todas as sessões do site (eles têm um roteiro para facilitar a navegação) e deixo como dica os portfólios dos fotógrafos André Cypriano sobre as favelas e barrios do Rio e de Caracas (do André recomendo o expecional livro Rocinha) e os voos fotográficos de Cássio Vasconcellos sobre Nova York.

Na sessão blog, vale o post uma foca-leopardo gigante ensina ao fotógrafo Paul Nicklen como caçar pinguins. Nicklen ficou em segundo lugar no World Press Photo de 2008, na categoria Natureza, com o ensaio Narwals publicado na National Geographic.

As cerejas do bolo ficam por parte dos artigos Propriedade e desrespeito, de Guaracy Monteiro (do Fotomix), e Pare de vender suas imagens! e Fairey, Mannie, AP e o crédito fotográfico, ambos do Gilberto Tadday.

Anúncios

João Pina e a violência no Rio

leave a comment »

O fotógrafo português João Pina, do coletivo Kameraphoto, tem produzido um interessante trabalho sobre a cidade do Rio de Janeiro. Publicado na revista estadunidense New Yorker (só para assinantes) e no jornal espanhol El País, o ensaio P&B disponível em seu site retrata a vida das pessoas – e a violência que as cerca – nos morros da Cidade Maravilhosa.

Violência no Rio (João Pina)

Um trabalho que vem em boa hora, em tempos de ufania e entusiasmo por causa da Copa de 2014 e das Olimpíadas de 2016. A segurança pública e desigualdade social são os maiores desafios da cidade e do país para os próximos anos e chamar a atenção para a realidade é papel do repórter fotográfico.

Natural de Lisboa, Pina atualmente reside em Buenos Aires e trabalha no Rio. É possível acompanhar os passos do fotógrafo português (e de outros profissionais da informação em constante trânsito pelo mundo) no Lights Talkers e ver outros ensaios de Pina em seu site oficial (como o Helicopterópolis, sobre o transporte aéreo paulistano, e a Não-vida de Roberto Saviano, escritor do livro Gomorra ameaçado de morte pela Camorra – máfia napolitana).

Via Arte Photographica.

Atualização: de 5 de novembro a 1 de dezembro a K Galeria em Lisboa expõe “Gangland”, 30 fotografias do trabalho de Pina no Rio (via blog do Olhares).

Olhar sobre o Mundo

leave a comment »

Altamente recomendável o Olhar sobre o Mundo, novo blog de fotos do jornal O Estado de S. Paulo. Declaradamente inspirado no excelente Big Picture, do The Boston Globe, a iniciativa dos repórteres fotógraficos do Estadão é louvável.

Notícias de uma guerra não tão particular“, primeiro trabalho do blog, retrata o confronto entre policiais e traficantes no Rio de Janeiro, fruto da cobertura de Wilton Júnior e Fábio Motta. Chocante pela crueza das fotos, colírio pela qualidade do trabalho.

Olhar sobre o Mundo é o segundo blog sobre fotografia do Estadão, que já abriga o Blog da Foto com os bastidores do trabalho da equipe fotográfica do jornal.

Outro que merece destaque é o Em Foco, daqui de Florianópolis, iniciativa local do fotojornalista Ricardo Duarte, do jornal Diário Catarinense. A lista de links ao lado está atualizada.

Para quem tem, não deixe de seguir o @big_picture também no Twitter.

Sobre quem vale a pena acompanhar

with 2 comments

Não deixem de acessar os links ao lado. Os blogs sobre fotografia e fotojornalismo do The New York Times e do The Boston Globe são indispensáveis. Para mídias digitais – fotografias editoriais, jornalísticas e conceituais, além de vídeos e músicas -, a melhor referência é o Getty Images.

A Laura Daudén, no seu À Sevillana, escreve muito (e bem) sobre a questão dos refugiados e dos desfavorecidos na política e na geopolítica mundial – além de ser excelente fotógrafa e ótima amiga.

Já o Ilo Aguiar, com quem tive a honra de morar um ano em Lisboa, aborda “um pouco de tudo, de tudo um pouco” no seu Afinidades Eletivas. Escreve sobre jornalismo e cinema e sabe muito de novas mídias e as possibilidades e ferramentas da web 2.0.

Cada um ao seu estilo, imperdíveis os posts “Pequeno dicionário de expressões idiomáticas lusas“, do Ilo, e “As coisas que tiramos do caminho“, último da Laurinha em seu blog.

Aproveito para agradecer aos que visitaram o Ação & Contexto nesses primeiros dias, têm me incentivado e ajudado. Espero corresponder à expectativa de todos.

A Mother’s Journey, Renée C. Byer

with 3 comments

Graças ao Fábio Queiroz, pude conhecer o belíssimo trabalho da fotógrafa Renée C. Byer, ganhadora do Pulitzer de fotografia em 2007. A Mother’s Journey conta a comovente história de uma mãe solteira que acompanha o tratamento e a luta de seu filho de 10 anos contra o câncer.

Cyndie French, 40 anos e mãe solteira de cinco filhos, passa 24 horas por dia com seu filho Derek Madsen. As images são fortes. Durante os últimos 12 dos 18 meses – desde que o neuroblastoma foi diagnosticado até a morte de Derek -, Byer e a repórter Cynthia Hubert acompanharam a drástica alteração da dinâmica familiar e as dificuldades econômicas oriundas da doença.

Trabalho vencedor do Pulitzer de fotografia em 2007

Especial do The Sacramento Bee, trabalho da fotógrafa Renée C. Byer vencedor do Pulitzer de fotografia em 2007

As a journalist, you have to step back and let things unfold as they naturally would. It can be very, very painful (“como jornalista, você deve manter-se afastada e deixar que as coisas aconteçam naturalmente. Isso pode ser muito, muito doloroso”, em livre tradução).

Inicialmente publicadas em uma série de reportagens que por quatro dias foram capa do The Sacramento Bee, as fotografias foram republicadas no jornal em um encarte de 20 páginas quando Byer ganhou o Pulitzer em abril de 2007.

Além das lindas fotos e extrema sensibilidade de Byer, o que mais chama atenção é o fato da repórter fotográfica não trabalhar para um grande jornal ou agência de notícias. Renée ganhou o maior prêmio do jornalismo norte-americano – um prêmio de US$ 10 mil dólares e o reconhecimento da Universidade de Columbia – trabalhando no modesto The Sacramento Bee, jornal local do norte da Califórnia.

Derek segura as mãos de sua mãe e seu irmão durante preparação para radioterapia

Derek segura as mãos de seu irmão mais velho (à esq.) e sua mãe durante preparação para radioterapia

O DESEJO DE DEREK

French criou uma fundação em memória ao seu filho, a Derek’s Wish, para assistir famílias que tenham uma criança com câncer financeira e emocionalmente. Nunca o jornal recebeu tantas cartas, ligações e e-mails – os leitores do The Sacramento Bee doaram US$ 40 mil à instituição e a tornaram possível.

Renée C. Byer mostra com A Mother’s Journey que é possível fazer um belo trabalho de um assunto tão complicado. Basta sensibilidade.

Outros trabalhos da fotógrafa:

Tour of Duty, sobre a inédita dependência do exército estadunidense ao sexo feminino – atualmente 200 mil estão na ativa e outras 150 mil na reserva, sendo que 100 mil mulheres já participaram da Guerra no Iraque.

Seeds of Doubt, sobre biotecnologia e alimentos transgênicos.